domingo, 15 de fevereiro de 2009

Ossos do oficio

Se alguma alma caridosa me quiser ajudar a integrar manualmente os 200 cromatogramas* que eu tenho no meu computador, é só dizer, que eu ficarei eternamente agradecida!!! É que eu já não posso ver picos e áreas à minha frente...

*Os tipos do CSI metem-me um nojo!

9 viagens:

Restelo 15 de fevereiro de 2009 às 23:32  

Os tipos do CSI são absolutamente nojentos. Metem um pozinho de um lado e do outro sai a composição de um tocopherol assim logo do pé prá mão... túpidos!

A C 17 de fevereiro de 2009 às 11:27  

É isso e darem a ideia que trabalhar com computadores é a coisa mais divertida do mundo :P

JB 17 de fevereiro de 2009 às 15:28  

O que é um cromatograma? Se tiveres os dados em PC e der para fazer uma aplicação que integre isso automaticamente terei todo o prazer em ajudar-te :)

cipereira 18 de fevereiro de 2009 às 01:23  

Restelo e AC: são uns engracadinhos! ;)

JB: Um cromatograma é uma coisa deste género:

http://tbn2.google.com/images?q=tbn:tJfirUJo43_2LM:http://www.cfnavarra.es/salud/anales/textos/vol22/imag3/suple69.gif

que relaciona a concentração de um dado composto químico (representado por um pico) com a área que esse pico tem. Quanto maior a área, maior será a concentração na amostra. O problema é que é necessário definir a linha de base desse pico, coisa que tem de ser feita manualmente (pelo menos com o equipamento que eu usei). Isto é, a linha horizontal que vês na imagem tem de ser ajustada para cada pico. Deu para entender, ou nem por isso?! :S

JB 18 de fevereiro de 2009 às 14:56  

hmmm a ideia é fazer triângulos com esses picos, e depois calcular a área do triângulo?
Como tens esses gráficos guardados? são gifs, gráficos de excel, ou outra coisa qualquer? :)

cipereira 18 de fevereiro de 2009 às 15:07  

Basicamente é isso.
Os gráficos estão guardados sob a forma de um conjunto de ficheiros (a cada gráfico corresponde uma pasta de ficheiros) que só abre com o Software próprio do equipamento (HSM). Os ficheiros dentro dessas pastas são tipo *.lyp *.lys *.rpt *.RD1 *.RD2 *.tab, etc

JB 20 de fevereiro de 2009 às 18:04  

Pois, assim não é fácil :S
Não tens maneira de exportar para um ficheiro de texto as coordenadas dos gráficos?

cipereira 21 de fevereiro de 2009 às 00:20  

JB:
Ui! Isso agora já é areia demais para o meu camião!

Mas de qualquer maneira, já está tudo feito! Custou, mas já está! Ufa...

JB 21 de fevereiro de 2009 às 13:35  

Bem já está, já está :)

Pesquisar neste blogue

Member of

cipereira

  © Free Blogger Templates Spain by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP