domingo, 13 de julho de 2008

Coisas de gaja


Mais ou menos já toda a gente passou pela experiência de ter, por exemplo, um braço imobilizado e
só aí ter a noção da importância que ele tem e da falta que ele faz. (Acho que faz parte da natureza humana, só darmos valor a alguma coisa quando não a temos.)

Pois eu,
cada vez que pinto as unhas e enquanto o verniz está a secar, é que me apercebo da quantidade de vezes que toco com elas em todo o lado, nas mais variadas circunstâncias e a fazer os gestos mais simples que se possa imaginar. Eu sei, eu sei... Se esperasse uns minutos quietinha, isso não acontecia! Mas não consigo, é superior a mim...

Pesquisar neste blogue

Member of

cipereira

  © Free Blogger Templates Spain by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP