domingo, 13 de setembro de 2009

D(esforço)


O ajudar alguém de quem se gosta muito é um gesto altruísta; o facto de vermos a pessoa feliz, de termos contribuído para o seu bem é suficiente para nos pôr felizes também.

Mas há pessoas para quem nada é suficientemente bom, para quem o muito (ou o tudo) que lhes damos com o maior carinho, com a melhor das intenções nunca chega; para quem, por mais que nos esforcemos, nunca nada do que fazemos está bem... Têm sempre um defeito ou uma crítica a apontar, não sabem (conseguem ?) dar o valor nem o reconhecimento a quem o merece, são incapazes de proferir um Obrigado... Quase como se, de facto, tivéssemos a obrigação...

E isso magoa e muito!

2 viagens:

Allie 14 de setembro de 2009 às 11:40  

Magoa muito sim quando as pessoas acham que temos a obrigação de fazer certas e determinadas coisas apenas porque somos amigos, parentes ou colegas de trabalho.

Normalmente, deixo de fazer durante algum tempo até se aperceberem que não sou empregada deles.

cipereira 16 de setembro de 2009 às 14:12  

Allie: E será que eles percebem?!

Pesquisar neste blogue

Member of

cipereira

  © Free Blogger Templates Spain by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP